Asanas
Bakasana

Bakasana é o mais importante asana de equilíbrio nos  braços.  Quando compreendemos como fazer Bakasana, compreendemos todos os fundamentos dos principais asanas  de equilíbrios sobre braços.


Bakasana estágio 1
 
Bakasana estágio 2
 

Equilíbrios sobre os braços são posturas muito complexas uma vez que elas nos mostram que força e flexibilidade não bastam – é necessário habilidade.  A habilidade em ação desenvolve-se com a prática, com a maturidade da prática. Praticantes eventuais não conseguem fazer esta pose e por isto, ela passa a ser um excelente sensor para que o instrutor possa perceber o grau de entrega e dedicação de cada aluno. Hatha Yoga é prática, perseverança, disciplina e amor ao que se faz. Bakasa é a resposta a esta dedicação.

Percepção profunda e enfrentamento do medo da queda
Para que você se habilite para este asana , deverá utilizar sua percepção na correta distribuição do peso. Você necessita estar em um estado de muita atenção e foco e também precisa estar disposto a correr riscos. Estes riscos envolvem a possibilidade de uma queda. Não é necessário cair mas se você não está disposto a arriscar-se em uma queda não está pronto o bastante para poses de equilíbrio.


Erros freqüentes em Bakasana
O grande erro em Bakasana é tentar executar a pose a partir da elevação dos quadris ( principalmente as nádegas). Alguns alunos elevam tanto seu quadril no início que a pose mergulha para frente, o centro de gravidade  desloca-se e projeta o corpo para o chão.  Outras pessoas costumam flexionar os cotovelos e colocar seus joelhos nos braços fazendo-os de “prateleiras”. Desta forma, a pose fica pesada e dificilmente será sustentada. Bakasana executada com sobrecarga excessiva nos braços impede a percepção e compreensão essenciais deste asana que é justamente a transferência e distribuição correta do peso.

Os fundamentos de Bakasana
O centro de sustentação de Bakásana é a ação dos abdominais e das coxas. Abdome e coxas devem ser contraídos, o peito deverá estar fechado na direção da linha medial do corpo como uma concha. A partir desta ação, as alavancas internas do corpo entrarão em cena fazendo a pose para você.  Assim, não haverá excesso de peso, o corpo ajusta-se ao novo centro de gravidade e flutua. Quando o corpo encontra o centro de gravidade, a pose acontece naturalmente.

Bakasana Passo a passo

OMBROS EM LINHA COM A TÍBIA - Agache-se na ponta dos pés e dobre-se para a frente para posicionar seus ombros em cima da tíbia ( canela). Você poderá pressionar seus joelhos nas axilas se assim preferir.
Pressionando as costas dos braços contra as canelas, eleve o peito e a cabeça.
Abrace as laterais do tronco com o interior das coxas
 
QUADRIS EM LINHA COM OS OMBROS - Não coloque peso nos braços , mantenha o peito elevado empurrando o abdome para dentro e permita aos quadris elevarem-se ao nível dos ombros. Esta ação é difícil mas ela dará a você a noção de onde vem a real força no equilíbrio sobre os braços.

COTOVELOS EM LINHA COM OS PULSOS - TRANSFERÊNCIA DE PESO - Exale e empurre-se para a frente movendo os cotovelos para cima das mãos até que os braços inclinem-se para a frente. Mantenha o peito elevado. Fazendo isto, você sentirá o peso sendo transferido dos seus pés para as suas mãos evitando a sobrecarga nos braços.

COTOVELOS EM LINHA COM OS DEDOS DAS MÃOS - Evite a sobrecarga de peso nos braços empurrando os cotovelos para cima dos dedos das mãos enquanto eleva o tórax.  Observe que você está invertido e olhando para suas mãos.

Lembrando: use os abdominais e as coxas para manter seus quadris sobre os ombros, empurre para a frente provocando a troca do peso para as mãos e eleve o peito.
Quando estas etapas estiverem dominadas, endireite os braços, gire os cotovelos para fora ( como se fosse saltar ou plantar bananeira)  e coloque seus pés o mais próximo dos quadris que puder. Perceba que você flutua acima da sua cabeça, sem peso , totalmente apoiado nas suas mãos.

Se você olhar para baixo, a gravidade vai impulsionar para abaixo e você vai mergulhar para o chão. Não olhe para baixo, olhe á frente e acima. Mantenha o foco nas mãos e braços.

A inversão conhecida como “parada de mão” ou “bananeira” tem em Bakasana seus fundamentos.
Perceba que, a partir de Bakasana,  a próxima ação poderá ser a elevação das pernas na direção do teto através da pressão das mãos contra o chão.

Benefícios
  • Fortalecimento de braços e pulsos
  • Alongamento do topo das costas
  • Fortalecimento dos abdominais
  • Abre as virilhas
  • Tonifica órgãos abdominais
Contra indicações
  • Síndrome do Túnel do carpo
  • gravidez
 
 

www.yogabrasil.com.br